links 2

O QUE VOCÊ PROCURA ? DIGITE ABAIXO PARA FAZER SUA BUSCA

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

NOVO NVIDEA SHIELD TV



mais um console com o sistema operacional android, recentemente as empresas estão apostando muito nesse sistema operacional da google, eu já tive tablet, celular e um smartgame com o sistema android e pessoalmente gostei bastante, e se tratando de jogos principalmente emuladores é muito bom! então segue abaixo a matéria  do site tecmundo e logo abaixo no final da pagina um vídeo do canal controle dois 

Durante a Computex 2015, a NVIDIA anunciou que está deixando o mercado de smartphones. Se por um lado os processadores mobile deixaram de ser o foco da empresa, por outro isso não significa que ela não esteja pensando em aplicações para as suas tecnologias. É o caso NVIDIA Shield Android TV, a mais nova versão da família Shield.
Diferente dos modelos anteriores – o NVIDIA Shield e o NVIDIA Shield Tablet – a nova versão que chegou às lojas norte-americanas no final de maio agora se parece muito mais com um console. Tivemos a oportunidade de testar as funcionalidades do novo aparelho em duas ocasiões: durante a Google I/O 2015 e durante a Computex 2015. Nossas primeiras impressões sobre o produto são o que você confere agora.

NVIDIA Shield Android TV: especificações
  • Sistema operacional: Android TV
  • Processador: NVIDIA Tegra X1 64-bit
  • RAM: 3 GB
  • Armazenamento: 16 GB ou 500 GB
  • Conectividade: WiFi (802.11ac), Bluetooth 4.1 e Gigabit Ethernet
  • Saída de video: HDMI 2.0 com HDCP 2.2
  • Entradas: micro USB 2.0, 2x USB 3.0 e micro SD
  • Inclui: dock para suporte e controle remoto; joystick vendido à parte
  • Preço: US$ 199,99 (versão de 16 GB) e US$ 299 (versão de 500 GB)

Um console Android para colocar na sala
O formato do Shield Android TV lembra muito o de um console. Leve e fino, sua capacidade de processamento é poderosa o suficiente para rodar jogos que, graficamente, podem muito bem suprir as necessidades de jogadores casuais. Em alguns momentos, ele não deixa em nada a desejar se comprado aos consoles da Nintendo (Wii e Wii U) ou mesmo a alguns títulos disponíveis na Live ou na PSN.
Jogando com o controle (vendido à parte por US$ 59), testamos o desempenho do aparelho nos jogos BombSquad e Beach Buggy Racing, títulos que inegavelmente remetem aos sucessos Bomberman e Mario Kart, respectivamente. Nesse quesito, o fator diversão se sobressai. É possível jogar em até 4 pessoas, incluindo modos online.

Aqui, vale uma ressalva: por mais que seja possível jogar qualquer título Android no console, nem todos resultam numa experiência agradável. Durante a Google I/O 2015, a Google fez questão de orientar os desenvolvedores para que pensem em jogos exclusivos para a nova plataforma – no caso, o Android TV – e não apenas adaptem o que já existe.
Não é difícil perceber que há um potencial muito grande em trazer os jogadores casuais para serem adeptos da plataforma nas TVs, em uma versão de software que poderá vir embarcada ou vendida à parte como um set-top-box ou dongle. A quantidade de título, por enquanto, ainda é limitada – aproximadamente 200 -, mas há mais de uma dezena de novos projetos em andamento previstos para serem lançados nos próximos meses. A plataforma Android TV é compatível com a Unreal Engine 4 e com a CryEngine.

Jogos do PC na sua TV
Assim como as gerações anteriores do Shield, o console permite ainda que você faça streaming dos seus jogos do PC diretamente para a TV. Para isso é preciso ter um PC com GPU GeForce GTX 650 (ou superior) ou um notebook com GPU GeForce GTX 700M (ou superior). A qualidade final da transmissão vai depender de diversos fatores, como a potência do computador em questão ou a velocidade de sua conexão (mais precisamente, a taxa de transferência de dados que o seu roteador suporta).

Sua nova TV é da Google
Com a adoção de sistemas operacionais em praticamente todos os novos modelos de TV, já podemos dizer que a ideia de televisores conectados está consolidada. A dúvida que ficará para os consumidores agora é qual o sistema operacional a ser escolhido. Uma das alternativas é o Android TV, que virá embarcado em alguns aparelhos ou poderá se conectar a qualquer TV por meio de set-top-boxes, como é o caso do NVIDIA Shield Android TV.
O dispositivo da NVIDIA suporta a exibição de vídeos em 4K a 60 frames por segundo e integra nele todos os recursos do Chromecast. Via controle remoto, é possível navegar pelos serviços da Google via comandos de voz. O mesmo “Ok, Google” que você utiliza nos celulares também está disponível aqui e serve para pesquisa de conteúdos na web ou dentro de apps.
É cada vez maior o número de canais e emissoras de TV que transformaram os seus canais em apps – e esse número não para de crescer. Entretanto, assim como a Apple TV, por exemplo, no Brasil essa oferta é um pouco mais limitada. Se no mercado norte-americano já há centenas de alternativas de conteúdo, por aqui, ao menos por enquanto, o uso é mais restrito.

Preço e versões
Basicamente há duas versões do NVIDIA Shield Android TV. A mais simples conta com apenas 16 GB de espaço de armazenamento e custa US$ 199 (o equivalente a R$ 617, sem impostos). A mais completa permite o armazenamento de até 500 GB de conteúdo e custa US$ 299 (o equivalente a R$ 928, sem impostos).
Ambas as versões vêm acompanhadas por um dock e por um controle remoto. Diversos jogos podem ser comandados via controle remoto, mas a experiência completa é obtida com o joystick. Ele é vendido à parte e custa US$ 59 (o equivalente a R$ 183, sem impostos). Infelizmente, assim como as gerações anteriores do Shield, não há previsão de lançamento no Brasil.

* matéria via tecmundo
*ver postagem original

Confira abaixo um vídeo de analise do cana controle dois

.
*vídeo via canal controle dois
*ver publicação original

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é permitido qualquer tipo de comentário, que seje critica ou elogio, mas NÃO ultilize palavras vulgares de baixo caráter,nem comente sobre coisas que não interessa ao site e seus leitores, comentarios desse tipo serão excluidos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...